terça-feira, 8 de janeiro de 2019

10 ANOS...


...NO MÍNIMO

"Mesmo que dê errado, pode dar certo"

Foi o que disse Paulo Guedes durante o seu discurso de posse.

Ele se referia a uma alternativa (complicada) preparada para a hipótese da não aprovação do projeto da Reforma da Previdência, que considera a pedra fundamental para termos, segundo ele, dez anos de crescimento econômico sustentável.

O Blog acrescenta: no mínimo dez anos, dependendo da qualidade da reforma.

Mas vamos aproveitar a ironia da ocasião para colocar num outro contexto as palavras do ministro, "mesmo que dê errado, pode dar certo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário