sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

ECONOMIA


CANDIDATURAS INVESTIGADAS

Mais 15 presos do Ceará são transferidos para Mossoró


DINHEIRO PÚBLICO
Desde o início de seu primeiro mandato como vereadora, a professora Eleika Bezerra doa integralmente o seu salário de parlamentar, conforme compromissos registrados em Cartórios durante as campanhas eleitorais de 2012, e de 2016 quando foi reeleita. Além disso, a vereadora também tem como uma de suas prioridades a economia da verba de gabinete (cota parlamentar) destinada ao seu gabinete, por entender que é preciso ter responsabilidade com o dinheiro público. Somando esses recursos não utilizados pela parlamentar, a quantia atinge quase R$ 1,5 milhão.

INVESTIGAÇÃO JUDICIAL
O Ministério Público Eleitoral apresentou oito ações de Investigação Judicial Eleitoral-AIJES e cinco representações, no final de 2018, tendo como alvo 36 candidatos que concorreram no último pleito no Rio Grande do Norte. As irregularidades apontadas pelo MPE incluem desde utilização da máquina pública, até compra de votos e problemas com as prestações de contas. Em todos os casos foram pedidos a negação ou cassação do diploma dos eleitos e dos seus suplentes. Dentre os alvos estão três dos candidatos ao governo do Estado: Robinson Faria-PSD, a atual governadora Fátima Bezerra-PT, e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves.

O RN MERECE
Mais 15 presos do sistema penal do Ceará foram transferidos na madrugada desta sexta-feira 11/01 para o Presídio Federal de Mossoró. De acordo com o Ministério da Justiça, foram removidos até o momento, 35 detentos. Na quarta-feira 09/01, 20 haviam sido levados para Mossoró. De lá, eles poderão ser distribuídos para outros presídios federais localizados em outros estados. O Rio Grande do Norte merece!

NOVOS ATAQUES
A noite de ontem em Fortaleza foi de novos ataques. Uma bomba explodiu em um viaduto. Policiais Militares e uma equipe do Corpo de Bombeiros estiveram no local. Eles verificaram que havia mais um artefato explosivo e isolaram o local até a chegada do Grupo de Ações Táticas Especiais-GATE. Quase ao mesmo tempo, em outro viaduto, localizado no Conjunto Esperança, a Polícia encontrou explosivos que não chegaram a ser detonados. Na atualização divulgada ontem 10/01, a Secretaria de Segurança Pública contabilizava 287 suspeitos presos ou apreendidos em razão da onda de ataques no Estado do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário